limão siciliano | Blog da Anette

Tag Archives: limão siciliano

Tartelette de limão siciliano

tortinha de limão siciliano 006

Já faz algum tempo que declarei o meu amor incondicional ao limão siciliano. Amo a cor, a forma, o cheirinho da casca ralada, a simetria das rodelas mergulhadas na água com gás ou na caipirinha. Utilizo em tudo. As raspinhas da casca são perfeitas para aromatizar arroz doce, glacês, suspiros, creminhos, biscoitinhos, bolinhos de infinitos sabores, brigadeiros, molhos de salada, peito de frango grelhado. A polpa amarga vira doce em calda ou cristalizado. Continue a ler →

Cubos turcos

DSCN6224

Os doces turcos são o caminho para o paraíso. A massa é leve e bem molhadinha com calda de açúcar com água de laranjeira ou rosas.
O problema mora aí, na calda, que deixa o doce muito doce. Para disfarçar e quebrar um pouco o excesso de doçura o recheio é farto com castanhas variadas – pistaches, nozes ou amêndoas ou queijos que deixam o doce no ponto certo e aliviam o paladar.  Amo doces turcos ou árabes, com são popularmente conhecidos. Embora muiiiiito doces, são adoráveis. Continue a ler →

Ravioli al limone

DSCN6327

Preparar uma massa é sempre um bom motivo para reunir amigos. Mesmo com o calorão que anda fazendo, sempre dá parar preparar um prato refrescante e rápido.

O ravióli al limone é super prático e fica bonito na hora de servir. Cozinhe o ravióli em água temperada com sal e um fio de azeite. Escorra e reserve uma xícara da água do cozimento. Aqueça a manteiga e junte o ravioli, mexa com a ajuda de dois garfos. Transfira para um refratário aquecido, polvilhe com parmesão ralado e raspinhas de casca de limão siciliano. Continue a ler →

Bolo de limão siciliano

bolo limão siciliano 2 002

Vivo uma paixão declarada  pelo limão siciliano. É só dar uma passadinha na seção de cítricos do supermercado ou feira e meus olhos  já buscam a fruta que desperta o meu olfato.

É lindo – o Gianecchini do pomar, mas azedo prá valer. Aliás, é o que  se espera de um limão de verdade. Continue a ler →

Peito de peru ao molho cítrico

bala de leite 2 001

A Folia de Reis é um folguedo, uma brincadeira que encanta crianças e adultos, a música ritmada é contagiante e faz todo mundo dançar. Alguns historiadores relatam que a Folia de Reis surgiu em Portugal, por volta do século XIX.  A festa católica foi instituída para homenagear os Reis Magos no dia da visita ao Menino Santo ( 6 de janeiro ), logo ganhou o gosto popular.

 No Espírito Santo, minha terrinha natal, existe diversos grupos de Folia de Reis. Quando eu era pequena, morria de medo do Palhaço, com suas roupas coloridas e máscara de cara de bicho. Ele é responsável por abrir passagem para a Folia e representa o mal, o império que quer matar Jesus. Na folia, o palhaço dança e canta versos pedindo dinheiro no final, e quem não dá nenhuma moedinha é amaldiçoado por ele. Os músicos representam os Reis Magos que comemoram o nascimento de Jesus. Continue a ler →

Alimentos ” feios “

limão siciliano ana laura lahas

Limão siciliano ” feio “

  ” Adoro feira e acho que a de alimentos orgânicos tem um charme a mais. Gosto da beleza incomum dos morangos quando a época é boa, do verdes das folhas de rúcula e alface, dos chuchus em miniatura, do pão caseiro, das mexericas minúsculas, mas deliciosas, do cenário, de tudo. Mas conhecia pouco sobre o assunto quando, há alguns meses, a editora da Vida Simples pediu que eu escrevesse sobre alimentos “feios” com este limão siciliano da foto, produtos sem agrotóxico e inciativas que de alguma forma ajudassem a reduzir o desperdício de comida no mundo. A reportagem saiu na edição especial sobre Otimismo que esta nas bancas.

Pesquisei, entrevistei chefs de cozinha, feirantes, sociólogo, economista, coach em saúde integrativa e a dona de um serviço de festas na Alemanha que usa apenas ingredientes descartados por causa de suas imperfeições estéticas. E fiquei impressionada com o modo como jogamos coisa fora em um planeta onde 870 milhões de pessoas – uma em cada oito – sofrem de desnutrição crônica e 2,5 milhões de crianças morrem de fome antes de completar cinco anos de idade, A cada 365 dias 1 bilhão e 300 milhões de comida manchada, deformada ou amassada, como brócolis pouco vistosos, cenouras de duas pernas, tomates maduros demais e morangos murchinhos, são jogados literalmente, na lata de lixo, simplesmente porque fogem do padrão propaganda de margarina.

Não é papo de ecochato, mas acredito que precisamos, mesmo, pensar a respeito, aproveitar melhor a comida apesar dos defeitos físicos, apostar sempre que possível em frutas, legumes e verduras sem agrotóxicos e produzidos perto de casa, usar cascas de abacaxi pra fazer suco, tomates passados para fazer molho, casca de abóbora pra fazer aperitivo e um monte de outras coisas que tem gente por aí ensinando a fazer, para reduzir as perdas que chegam a um terço da produção do mundo. Afinal, como diz o ditado, beleza e formosura não dão pão nem fartura, beleza não se põe à mesa.”

Texto de Ana Laura Lahas, jornalista e escritora

Fusilli com gremolata

blog fusili bernardo 045

A gremolata, tradicional, veramente italiana é uma mistura de alho picado, salsinha picada  e raspa de limão siciliano. Sua função original é dar um sabor mais fresco ao ossobucco que, por natureza, é um prato poderoso, engordurado – delicioso. Como a gente  adora inventar, a gremolata ganhou um pouco de parmesão e foi direto para o prato de fusilli com tomatinho cereja.

Ela fica meio sequinha, meio farofinha e precisa ser consumida fresca. Mas, se você quiser aproveitar mais ainda a gremolata, inclua azeite na receita e pronto: ela virou uma pastinha para massas, sopas e pães. Quanto ao fusilli, acho que dispensa apresentações?

Continue a ler →