creme de leite fresco | Blog da Anette

Tag Archives: creme de leite fresco

Voce conhece a uvaia?

DSCN6510

Faz um bom tempo que ando à procura de uvaia, uma frutinha do mato, típica da Mata Atlântica. O sabor, apesar de intenso, pode não agradar a todos por ser azedo – e desse fato que surgiu seu nome ubaia, que em tupi significa fruto azedo. A fruta é amarela, arredondada e felpudinha ( como o pêssego ). De flor branca, a árvore é comumente plantada para uso doméstico, uma vez que seus frutos sensíveis, amassam, oxidam e ressecam com facilidade, tornando pouco viável a sua comercialização. Continue a ler →

Panqueca com ganache de chocolate

DSCN5988

A panqueca é uma delicinha que sempre combina com algum momento das nossas vidinhas. Com recheio salgado, faz bonito na hora do lanche rápido, do almoço ou do jantar. Dá para comer sem acompanhamentos, mas também fica ótima fazendo companhia ao santo feijãozinho com arroz ou com uma saladinha, para os que vivem de dieta e não abrem mão de comer comida de verdade. Continue a ler →

Carne ao molho de café

carne ao molho de café 008

Da xícara para o prato. Até bem pouco tempo o café era presença confirmada ao final de uma boa refeição. A verdade é que um ingrediente tão saboroso não poderia ficar preso ao posto de mero coadjuvante. A cada dia, o café ganha mais espaço nos menus de alta gastronomia. As preparações com café não se limitam as sobremesas e aos bolos, mas também em pratos salgados resultando em combinações surpreendentes. A bebida é responsável pelo sabor, cor e aroma de molhos que acompanham carnes. Continue a ler →

Cupcake de maracujá

cupcake de maracujá 011

Por muito tempo engrossei as fileiras dos que olhavam para os cupcakes com olhos de preconceito, de rejeição e de crítica.

Achava os cupcakes meio “ metidos a besta “ , com muita massa, pouco recheio e a cobertura sempre muito gordurosa com gosto de sabão.

Felizmente tive a oportunidade de mudar de opinião. Nos últimos dias tenho pesquisado e testado algumas receitas novas, com a ajuda preciosa da minha sobrinha Mirella, que possui um talento impar para fazer brigadeiros, palha italiana, docinhos e afins.

Depois de algumas fornadas queimadas e testes com vários tipos de coberturas, caímos de amores pelo cupcake com chantilly e calda de maracujá.

Os maracujás foram colhidos no meu jardim. Mais orgânico impossível. O Nero, meu fiel vira –lata, colaborou com a ureia, os mangagás capricharam na polinização e o resultado você confere na foto. Maracujás lindos, com pouca acidez e um perfume digno da Lancôme.

maracuja, salada bl e morangos 007
Preparamos a massa seguindo a receita de bolo infalível da D. Marizinha. Uma montanha de chantilly e uma calda de maracujá fresquinhos. Precisa de mais alguma coisa?

Cupcake de maracujá

 Ingredientes

3 ovos
2 xícaras de açúcar
1 xícara leite
3 xícaras de farinha de trigo
3 colheres de sopa de manteiga
1 colher de sopa de fermento em pó

Cobertura

500 ml de creme de leite fresco

Calda

300 gr de açúcar
100 ml de água
300 gr de polpa de maracujá

Prepare assim:Bata as claras em neve. Reserve. Bata o açúcar, a manteiga, e as gemas até obter um creme fofo. Acrescente a farinha de trigo, o fermento e o leite. Bata por mais 5 minutos. Coloque 3 colheres de massa na forminha de papel que já esta na forma de alumínio ou silicone. Leve para assar em forno preaquecido a 180º por 20 minutos. Deixe esfriar para confeitar. Com uma faca faça um buraquinho no meio do cupcake com mais ou menos 2 cm de profundidade por 3cm de largura.

Em uma panela antiaderente, coloque o açúcar e a água e faça uma calda .Quando a calda estiver em ponto de fio, acrescente a polpa de maracujá e deixe ferver, mexendo de vez enquanto, até engrossar.

Prepare o creme chantilly seguindo as instruções da embalagem. Mantenha na geladeira até a hora de usar. Coloque o creme no saco de confeito com bico pitanga. Preencha o buraquinho do cupcake com o creme. Capriche na finalização formando uma montanha de chantilly. Com um colher deixe a calda fria escorrer sobre o chantilly.

Coma sem medo ser feliz.

É bom saber:
Maracujá (do tupi mara kuya, “fruto que se serve” ou “alimento na cuia”) é um fruto produzido pelas plantas do género Passiflora (essencialmente da espécie Passiflora edulis) da família Passifloracea.

O maracujá é fonte de várias vitaminas e minerais.

• Niacina (vitamina B3): atua na produção de hormônios, melhora a ansiedade, ajuda no crescimento das crianças e protege as paredes do estômago.

• Ferro: previne anemia e aumenta o pique.

• Cálcio: favorece a contração muscular, fortalece ossos e dentes.

• Fósforo: também deixa os ossos fortes, além de melhorar a memória, a oxigenação das células e a circulação

Ajudinha:
Plaquinha – Hummm delícia!!!  ” surrupiada ” do jantar M. Gerais/Eletromec

Something sweet – trifle de chocolate e morangos

trifle ultimo 010

A doçura generosa do bolo de chocolate, o azedinho do morango e o auxílio luxuoso do creme de chantilly garantem o sucesso da sobremesa com jeito de “ coisa fina “, mas que é facílima de preparar.

Não resisti ao apelo dos morangos vendidos no meio da rua. O calor estava de derreter o asfalto e o menino queria livrar-se das últimas caixas. Arrematei três caixas por R$ 5,00 e ainda ganhei o sorriso lindo do menino, que sumiu, feliz da vida, correndo entre os carros.

Depois foi só dar uma passadinha rápida no supermercado, comprar um bolo pronto ( Casa Suíça ) e o creme de leite fresco. Continue a ler →

Tartelette de chocolate amargo com pistache

tortinha de pistache 003

Aniversário da minha abelhinha particular merece uma receita especial – tartelette de chocolate amargo com pistache.

Primeiro vamos esclarecer esta estória de abelhinha particular. Mamãe é muito ativa, esta sempre ocupada com suas tarefas, seus bordados, suas leituras, suas comidinhas reconfortantes e ainda consegue tempo para conversar, ouvir as eternas canções de Frank Sinatra e observar a vida com seus lindos olhos verde claros. De quebra, Mariazinha adora doces, chocolates, umas balinhas, tortinhas, bolo, guloseimas variadas e coloridas. Ela não consegue resistir. Entendeu agora, por quê  o apelido de abelhinha? Continue a ler →

Panna Cotta

panna cotta 2 012Sobremesa tradicional italiana em que “panna” quer dizer creme e “cotta” cozida.  A delícia é feita com creme de leite fresco, açúcar, gelatina e aromatizada com baunilha. É uma sobremesa muito simples e é servida com geleia, compota ou frutas frescas.

Apesar de a panna cotta ser considerada uma criação genuína do Piemonte, especula-se que tenha sido, na verdade, inventada por uma senhora húngara que vivia na região pelos primórdios do século XX. A panna cotta disputa com o tiramisú o posto de sobremesa favorita dos italianos. Um dos motivos desse sucesso todo está na sua “mordida” incrivelmente macia e sedosa, que faz com que uma colherada derreta instantaneamente na boca. Bom, isso é o que se espera. Mas, infelizmente, a maioria das pessoas insiste em colocar uma quantidade absurda de gelatina e o resultado é um creme duro, sem graça, que não aguça a gula de ninguém. É melhor nem experimentar. Deixe para algum incauto que não sabe que a verdadeira panna cotta não deve ser desenformada para garantir a cremosidade na dose exata.

Quando eu vi aquelas cerejas lindas no supermercado,  só pensei na panna cotta. As cerejas são uma raridade aqui em Vitória, só no Natal elas aparecem, então é melhor aproveitar. A combinação é perfeita. O creme não é muito doce e o resultado é refrescante.

cerejas 002

Espero  que você goste. Jó étvágyat! (bom apetite) – diria a senhora húngara!!!

Anote os ingredientes:

500 ml de creme de leite fresco

2 colheres de sopa de açúcar

1 fava de baunilha

1 colher de sopa de rum
3g de gelatina em pó

 Prepare assim: Corte a fava de baunilha na metade e raspe-a com uma faca para retirar as sementes. Leve, então, ao fogo o creme de leite, o açúcar e a baunilha em fava. Acrescente a gelatina hidratada no creme ainda quente.Disponha-o em taças individuais e leve-as à geladeira por duas horas. Sirva com calda de frutas, geleia ou frutas frescas.

 Ajudinhas:

Forma canelada par quiches tortas  Brinox ref.: 0302/023

Baunilha – Temperos e & Artes – produtos artesanais

Taça de champagne de antigamente – do baú sem fundo de Mamy’s. Só restam duas, de um jogo completo que ela ganhou de presente de casamento. Melhor não publicar a data.

http://www.bemsimples.com/br/receitas – Marina Hernandez

http://opatoempratado.blogspot.com.br/2013/01/