Perú de Natal com farofa de castanhas portuguesas e nozes | Blog da Anette

Perú de Natal com farofa de castanhas portuguesas e nozes

peru 003

A decoração está pronta, os presentes embalados, o clima de Natal se espalha por toda a casa. Hora de planejar a Ceia de Natal.

Uma sobremesa nova aqui, uma receita diferente ali, mas alguns itens permanecem imutáveis, há muito tempo. Embora seja totalmente favorável à utilização de ingredientes regionais, confesso que não consigo pensar em uma ceia de Natal sem  frutas secas, castanhas portuguesas e  perú. Faz parte da tradição da minha família, da lembrança carinhosa do meu pai.

Papai amava o Natal, o brilho das luzes, a comida farta, o vinho. Não se preocupava muito com os presentes. Todo ano ele saia para “ comprar o Natal “. Voltava radiante. Nas sacolas cheias, tinha perú, queijo do Reino em lata, além das nozes, amêndoas, castanhas portuguesas, avelãs, passas em rama, damascos, tâmaras e figos. Produtos importados disponíveis nas prateleiras do supermercado só quando Papai Noel saia da Finlândia. Ou seja, uma vez por ano.

No dia 24, minha mãe arrumava as delícias em pratinhos e colocava sobre a toalha vermelha. Papai cuidava das castanhas. A arrumação da pilha de rabanadas ficava por minha conta. João? Muito a contragosto – lavava as varandas. Uma travessa grande para as frutas frescas que mamãe fazia questão, mas que ninguém comia na ceia. Só no café da manhã do dia 25. O cheiro bom do perú assando no forno invadindo cada cômodo da casa.

Depois que estava tudo organizado e todo mundo de banho tomado com roupa nova ficávamos um bom tempo em volta da mesa, quebrando amêndoas, descascando castanhas. Mamãe separava as  menores para a farofa. Não demorava muito e chegavam as primas, tias e tios. O natal estava completo. Simples assim, como a vida deveria ser.

Perú com farofa de castanhas portuguesas e nozes

1 Peru Perdigão.

Na véspera do preparo: descongele o peru na parte de baixo da geladeira. Quando for preparar, retire-o da embalagem e remova o saquinho com os miúdos do interior da ave (reserve-os para o preparo de caldos e farofas). Em um tabuleiro , faça uma cruz com duas folhas de papel alumínio . Coloque a ave , regue com 1 copo de vinho branco, embrulhe bem e leve ao forno pré-aquecido (200 °C) e asse por 1 hora e 20 minutos, ou até que o termômetro salte. Abra o alumínio e dobre-o até que a ave fique totalmente descoberta. Besunte a pele com margarina  e volte para o forno por mais 40 minutos, ou até que a pele fique bem dourada. Enquanto isso, prepare a farofa. Além de saboroso, é prático: a ave já vem temperada, pronta para assar. A Perdigão disponibiliza uma base de tempero suave para que você possa dar o seu toque especial acrescentando os temperos de sua preferência.

Farofa de castanhas portuguesas e nozes

Ingredientes

½ xícara  de manteiga

1 cebola média picada

2 xícaras  de castanhas portuguesas picadas

 1 xícara de nozes picadas

 Farinha de mandioca

Prepare assim: Aqueça a manteiga e refogue a cebola. Acrescente as castanhas e as nozes e refogue por mais 5 minutos no fogo médio. Em seguida, acrescente a farinha de mandioca aos poucos. Tempere com sal.

Ajudinhas preciosas:

Catherine Ferreira Chef Consultora Sadia/Perdigão

Fotos – Mirella Laranja Musso

Tags: , , , , , , , , ,

Nenhum comentário :(.

Deixe uma resposta