Fritatta di zuchine | Blog da Anette

Fritatta di zuchine

DSCN6310

Depois de ler a inoportuna e infeliz declaração do secretário de política econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, que recomendou à população que trocasse o consumo de carne por frango e ovo para evitar a inflação, fiquei cismando com meus botões de madrepérola e om as minhas colheres de pau.

Ora, se é para comer ovo, então se seja uma fritada, que tem origem lá na Itália.  A palavra frittata deriva do  italiano fritta, o particípio passado feminino de “fritar” (friggere) e  originalmente era um termo utilizado o procedimento de  cozinhar ovos em uma frigideira. Claro, que as mammas arranjam um jeito de tornar a simples omelete em um prato mais substancioso para seus filhos e acrescentaram legumes, queijos, carnes e embutidos.

A fritada é um prato único e uma excelente opção para aproveitar sobrinhas que estão morando há vários dias na geladeira. A mistura de ovos temperados é um tremendo quebra galho na hora da fome louca ou quando chega uma visita inesperada para o almoço.

Bata dois ovos, tempere com sal, pimenta-do-reino, cebola frita. Junte as especialidades que você desejar ou as que estão disponíveis na geladeira  ( cenoura ralada, sobrinhas de moqueca de camarão, palmito, alho porró, azeitonas)c. Se tiver uma omeleteira fechada, ótimo, fica fácil de virar. Se não, é só virar no prato e voltar pra frigideira. Coloque um pouco de óleo na frigideira, deixe esquentar bem e despeje a mistura. Abaixe o fogo e deixe cozinhar até a superfície começar a coagular. Vire no prato (se não estiver usando a omeleteira), coloque mais um pouco de azeite na frigideira e deixe a fritada escorregar pra dentro dela com cuidado. Frite mais alguns minutos para dourar. Coloque num prato com ou sem salada e nhac. Não tem como ficar ruim!!!!

Em homenagem à já citada declaração do secretário, decidi preparar uma fritada de abobrinhas. Apropriado, não?

Tags: , , , ,

Nenhum comentário :(.

Deixe uma resposta