saudável | Blog da Anette

Archive | saudável

RSS feed for this section

Saladinha de risoni

rissoni com legumes 014

Como não se apaixonar pelo risoni? Um macarrãozinho com formato de arroz que na Itália é conhecido como  pasta a riso ou simplesmente risi.

A massa é muito utilizada para sopinhas para as crianças, mas, não demorou  pra que, os marmanjos de plantão se renderam ao discreto charme do formato delicado e da textura macia. Continue a ler →

Salada de feijão fradinho

feijão fradinho 002

Sem dúvida, o feijão é figurinha fácil no almoço e jantar nosso de cada dia. O ingrediente-símbolo da culinária nacional forma, ao lado do arroz, a base da alimentação de quase todos os brasileiros. O sabor e a aparência podem variar bastante. Na minha opinião,  o mais bonitinho é o feijão-fradinho: os grãos beges possuem um  ‘umbigo’ na cor preta. Conhecido também como feijão de corda ou até mesmo feijão verde (de acordo com o tempo de maturação da colheita), o fradinho é muito utilizado na culinária baiana, no preparo do acarajé.  

Aqui pelo Sudeste ele marca presença e faz bonito na salada. Continue a ler →

Ravioli com aspargos frescos

raviole de verão 2 008

Voltar para casa depois de um dia de trabalho, engarrafamento, calorão é um alívio. Basta abrir o cadeado para ficar feliz da vida. Recebo os latidos de boas vindas de Nero e Lucy e confiro, com um rápido olhar, se esta tudo ok no jardim. Verifico se já tem goiaba madura, se o manjericão murchou de novo,  se tem tomatinho cereja para colher, se as formigas continuam esburacando o canteiro onde coloquei uma variedade de sementes e não sei o que vai brotar e o que vai ser surrupiado para o fundo do formigueiro para o próximo inverno Tem momentos que prefiro as cigarras . O check list só fica completo depois averiguar se tem painço para os canarinhos da terra, ração para o casal de bem te vi  e canjiquinha para as rolinhas, cada vez mais gordinhas e briguentas. Continue a ler →

Roll de muçarela de búfala

manta muçarela 3 010

Caminhar à beira mar é uma delícia, percorrer pelas ruas no final da tarde pode ser encantador, bater pernas no shopping é um luxo consumista, mas, sinceramente, prefiro o meu passeio “ programa de índio com 5 cocares da tribo dos chayenes “   traduzindo : perambular  por supermercados, feiras e afins em busca de novidades, tranqueirinhas e ingredientes curiosos para a receita nossa de cada dia.

Em uma dessas perambulações sistemáticas reencontrei a manta de muçarela de búfala.  Uma velha conhecida que ficou perdida no passado. Fiquei feliz como uma criança diante de uma sorveteria.

Tá, bom.!!! Ultimamente, ando meio Cazuza – exagerada. Continue a ler →

Prato de Verão

mousse de maracuja, capeletti 135

Todo mundo tem uma história de verão para contar. Um mergulho que virou um caldo e levou a parte superior do biquíni, uma louca paixão que durou o tempo da pele desbotar o bronzeado, um cabelo erriçado de tanto sol e água salgada. Estórias impublicáveis e tantas outras, que mesmo sabendo que os sentimentos estão relacionados à atividade cerebral, insistimos em guardar, carinhosa e afetuosamente,  no coração. Que seria das nossas doces recordações se não tivéssemos um coração para manter aquecidos os melhores momentos da nossa vida?

Passei muitos verões na casa da minha avó Odette, no Rio de Janeiro. Um casarão enorme, em São Cristovão. Fecho os olhos e percorro cada cômodo. Um corredor levava para a sala de visitas, que se transformava, temporariamente, no meu quarto. Dormia numa poltrona que desmontava e virava uma caminha. Sinto o cheiro do estofado de seda com florezinhas escuras, lembro a penumbra das cortinas fechadas, do barulho dos chinelos da minha avó andando devagarinho para não me acordar. Continue a ler →

Salada de bacalhau com grão de bico

salada de bacalhau 2 006

A maioria dos brasileiros esta acostumada a comer o arroz, o feijão e a carne  e esquece da tão importante salada.  Somos umas criaturas curiosas: acreditamos piamente que salada é sinônimo de dieta e comida sem graça. Acreditamos que salada é sempre –  alface e tomate. Sem a menor variedade e criatividade. Mas, não é bem assim que a banda toca não!!!

Felizmente, este cenário está mudando, afinal, quem busca melhor qualidade de vida reconhece que as saladas ganham mais importância no cardápio diário, pois proporcionam uma alimentação leve, nutritiva e saudável. Além  disso, garantem praticidade e pouco tempo para preparar um prato muito saboroso. Continue a ler →

Almôndegas de couve flor com filet de peixe

filé de cabrinha 028

“ É preciso começar a resgatar a ideia de que comida é alimento para o corpo. A comida que nutre nosso corpo todo, Nutre nosso cérebro, nossos ossos, nossos tecidos, nossas células. Uma dieta que só foca em calorias e não leva em conta o valor nutricional dos alimentos não é saudável e pode trazer danos a longo prazo. Nutricionistas sensatos estão cada vez mais assustados com os modismos e com a ditadura da magreza a qualquer custo: uma dieta saudável é rica em nutrientes e pobre em calorias. Se você quer emagrecer, invista na consciência, conhecimento e reeducação alimentar. Na realidade, a gente emagrece comendo! “

O texto da Patrícia Travassos cai como uma luva para nós que já  entendemos que um prato de arroz com feijão é bem mais nutritivo do que um brigadeiro, mas que de vez em quando fazemos de conta que “ esquecemos” . Não é todo dia que estamos motivados para comer comida de verdade. Para dar uma ajudinha nada melhor do que caprichar no visual. Continue a ler →

Salada de vagens, favas e anchovas

salada de favas com vagem 007

Quem gosta de comer já ouviu falar da dieta Mediterrânea. Que não é uma dieta no sentido estrito da palavra. Não é para emagrecer, também não é para engordar. É, antes de tudo, uma dieta no sentido etimológico da palavra, significando modo de vida, “conjunto dos hábitos do corpo e do espírito”, segundo os gregos.

O modelo da dieta mediterrânica é baseado na alimentação dos habitantes de sete países próximos à região do Mar Mediterrâneo. O cenário já é inspirador.  Estudos médicos apontam que os adeptos da dieta Mediterrânea possuem uma expectativa de vida maior e uma baixa incidência de problemas coronários.

O que difere a dieta Mediterrânea das demais é a simplicidade no preparo dos pratos. Ingredientes frescos, da estação, grãos integrais, pouca carne vermelha, muito azeite, alho, cebola e ausência de alimentos industrializados. É saborosa, compatível com a vida social, não obriga a pesagens nem contagem de calorias. Perfeita para quem almoça em restaurante ou prefere cozinhar a própria comida.

Dieta mediterrânea: para mangiare com saúde. Continue a ler →

Abobrinha recheada

blog fusili bernardo 123

Tem coisa mais simpática do que uma abobrinha. Boa para plantar, para comer recheada e para falar.

Vez por outra, exercito meu lado “ mulher do campo” e semeio algumas sementes de abóbora no meu jardim. Aprendi que elas gostam de um montinho de folhas secas para germinar. O segredo é que ali a terra é mais úmida. Não demora muito e os ramos estendem as gavinhas verdes, bem clarinho, tentando agarrar tudo pela frente. Nada escapa. A goiabeira, a palmeira, até a samambaia é envolvida nesse forte abraço.

Eis que surgem as flores :  amarelas, delicadas, insustentavelmente belas. Cinco pétalas interligadas, formando um copinho para receber a visita de minúsculas abelhas atarefadas.  Depois de polinizada, há que se proteger a flor com um saquinho de papel, para evitar umidade e o ataque dos caramujos famintos. Agora é esperar pelas abobrinhas. Não é tão rápido, mas enquanto espero. Aproveito o tempo. Cozinho e falo: abobrinhas!!! Continue a ler →