bolos | Blog da Anette

Archive | bolos

RSS feed for this section

Cubos turcos

DSCN6224

Os doces turcos são o caminho para o paraíso. A massa é leve e bem molhadinha com calda de açúcar com água de laranjeira ou rosas.
O problema mora aí, na calda, que deixa o doce muito doce. Para disfarçar e quebrar um pouco o excesso de doçura o recheio é farto com castanhas variadas – pistaches, nozes ou amêndoas ou queijos que deixam o doce no ponto certo e aliviam o paladar.  Amo doces turcos ou árabes, com são popularmente conhecidos. Embora muiiiiito doces, são adoráveis. Continue a ler →

Aniversário do Blog

DSCN6213

Oba!! É aniversário do blog e vai ter bolo.

O costume de comemorar o dia do nascimento surgiu na Roma antiga. Ah, os romanos ! Sempre criando as melhores coisas da vida.
A origem da festa esta ligada à ideia de que, na data de aniversário, anjos malignos vinham roubar o espírito do aniversariante ( ui!!!) e era preciso tomar medidas para prevenir essa maldade. Nada melhor do que uma boa festa, com oferendas e música para apaziguar os anjos decaídos, não? A festa pagã, só foi adotada pela igreja católica no século 5, quando foi instituída a celebração do nascimento de Jesus.

Continue a ler →

Bolo de maracujá com coffee beans

DSCN5491

Combinar o azedinho doce do maracujá com café e chocolate pode parecer um grande desafio. E, é!

A massa do bolo é a parte fácil. Trigo, fermento, ovos – o tradicional. A calda também não oferece mistério. Mas, e o café com chocolate? O que era para ser difícil ficou fácil. A solução é o coffee beans, o café para comer.  Você leu direitinho! É café e, sim, é feito para comer.  Surpresa número 2 – Os confeitos de cafés foram criados por uma empresa de chocolates do Espírito Santo,  a SPA.  Mais um capixaba de sucesso. A delícia tem o formato de um grão de café, lindo, não? E mais, tem sabor de café com um toque suave de chocolate que desmancha na boca – irresistível!!!! Continue a ler →

Cupcake de fubá com cream cheese e sementinhas de chia

DSCN5550

O que é bom, sempre pode ficar melhor. O cupcake, bolinho americano que faz o maior sucesso nas festas, tem lugar garantido nos livros de receitas das quituteiras brasileiras.

A receita tradicional de cupcake, vamos confessar, não é lá essa maravilha que apregoam aos quatro ventos. A massa quase sempre é meio ressecada e sem sabor. O que salva é a cobertura. Continue a ler →

Brevidade de araruta

brevidade 2 002

Tenho uma quedinha para enjôos, sempre tive. Desde criancinha. Viajar de carro sempre foi um desafio. Ficava horas em jejum. Mamãe colava um pedaço de esparadrapo na minha barriga, me dava um limão para cheirar a casca, trocava de lugar comigo, deixando eu sentada no banco da frente do carro. Tudo em vão. Era só passar a Ponte da Passagem e começavam os sintomas. Engulhos – como minha avó Odete dizia. Continue a ler →

Red velvet

DSCN5662

Que a segunda feira seja doce. A dica é o bolinho de chocolate. Só que não!!! É bolinho de beterraba!!! Nada de fazer nariz torto. A Lara, que come de tudo e sem reclamar, comeu e aprovou. Melhor referência impossível. Continue a ler →

Brownie do Sorriso

DSCN5564

São muitas as versões que procuram explicar a origem do Brownie, um bolinho de chocolate cremoso por dentro e crocante por fora. A invencionice americana é fruto da criatividade de um chef, que sem querer, adicionou chocolate derretido à receita de um cookie. Pode ser?!! Outra versão, relata que a receita nasceu na cozinha de uma dona de casa atarefada, que esqueceu de adicionar o fermento ao seu bolo de chocolate e serviu o doce assim mesmo. Deu certo. Continue a ler →

Cupcake de maracujá

cupcake de maracujá 011

Por muito tempo engrossei as fileiras dos que olhavam para os cupcakes com olhos de preconceito, de rejeição e de crítica.

Achava os cupcakes meio “ metidos a besta “ , com muita massa, pouco recheio e a cobertura sempre muito gordurosa com gosto de sabão.

Felizmente tive a oportunidade de mudar de opinião. Nos últimos dias tenho pesquisado e testado algumas receitas novas, com a ajuda preciosa da minha sobrinha Mirella, que possui um talento impar para fazer brigadeiros, palha italiana, docinhos e afins.

Depois de algumas fornadas queimadas e testes com vários tipos de coberturas, caímos de amores pelo cupcake com chantilly e calda de maracujá.

Os maracujás foram colhidos no meu jardim. Mais orgânico impossível. O Nero, meu fiel vira –lata, colaborou com a ureia, os mangagás capricharam na polinização e o resultado você confere na foto. Maracujás lindos, com pouca acidez e um perfume digno da Lancôme.

maracuja, salada bl e morangos 007
Preparamos a massa seguindo a receita de bolo infalível da D. Marizinha. Uma montanha de chantilly e uma calda de maracujá fresquinhos. Precisa de mais alguma coisa?

Cupcake de maracujá

 Ingredientes

3 ovos
2 xícaras de açúcar
1 xícara leite
3 xícaras de farinha de trigo
3 colheres de sopa de manteiga
1 colher de sopa de fermento em pó

Cobertura

500 ml de creme de leite fresco

Calda

300 gr de açúcar
100 ml de água
300 gr de polpa de maracujá

Prepare assim:Bata as claras em neve. Reserve. Bata o açúcar, a manteiga, e as gemas até obter um creme fofo. Acrescente a farinha de trigo, o fermento e o leite. Bata por mais 5 minutos. Coloque 3 colheres de massa na forminha de papel que já esta na forma de alumínio ou silicone. Leve para assar em forno preaquecido a 180º por 20 minutos. Deixe esfriar para confeitar. Com uma faca faça um buraquinho no meio do cupcake com mais ou menos 2 cm de profundidade por 3cm de largura.

Em uma panela antiaderente, coloque o açúcar e a água e faça uma calda .Quando a calda estiver em ponto de fio, acrescente a polpa de maracujá e deixe ferver, mexendo de vez enquanto, até engrossar.

Prepare o creme chantilly seguindo as instruções da embalagem. Mantenha na geladeira até a hora de usar. Coloque o creme no saco de confeito com bico pitanga. Preencha o buraquinho do cupcake com o creme. Capriche na finalização formando uma montanha de chantilly. Com um colher deixe a calda fria escorrer sobre o chantilly.

Coma sem medo ser feliz.

É bom saber:
Maracujá (do tupi mara kuya, “fruto que se serve” ou “alimento na cuia”) é um fruto produzido pelas plantas do género Passiflora (essencialmente da espécie Passiflora edulis) da família Passifloracea.

O maracujá é fonte de várias vitaminas e minerais.

• Niacina (vitamina B3): atua na produção de hormônios, melhora a ansiedade, ajuda no crescimento das crianças e protege as paredes do estômago.

• Ferro: previne anemia e aumenta o pique.

• Cálcio: favorece a contração muscular, fortalece ossos e dentes.

• Fósforo: também deixa os ossos fortes, além de melhorar a memória, a oxigenação das células e a circulação

Ajudinha:
Plaquinha – Hummm delícia!!!  ” surrupiada ” do jantar M. Gerais/Eletromec