Biscotti de fubá com geleia de physalis | Blog da Anette

Biscotti de fubá com geleia de physalis

DSCN5845

O biscoito surgiu por acaso. Uma dona de casa ou cozinheiro afoito deixou cair um pouco de massa de bolo no fundo do forno. Baseado no princípio que na cozinha e na vida nada se perde e tudo se transforma, o que era para ser bolo virou biscoito. O último com uma vantagem adicional. A massa torradinha e desidratada não dava bolor e nem ficava mofada. Imagina que sucesso em uma época que não existia conservantes, acidulantes e outros antes.

A palavra bicoito é derivada do latim medieval biscoctus, originalmente um composto de bis (“duas vezes”) e coctus, de coquĕre, que significa “cozinhar”. Traduzindo para o cozinhês – assado duas vezes.

No final do outono, as famílias se reuniam para preparar alimentos e provisões para o inverno. Os bolos e pães eram assados, fatiados e assados novamente, facilitando a armazenagem e a conservação.

O tempo passou, mas a vontade comer biscotti, não. A indústria alimentícia oferece inúmeras variedades: com ou sem glúten, integrais, falsos integrais, com gordura trans, com muita gordura trans.

Em caso de dúvida, é melhor produzir o seu próprio biscoito. Mais saudável, mais econômico e ainda pode ajudar a resgatar um hábito que anda meio esquecido – o prazer de cozinhar em família.

E aí, aceita o desafio?

Biscotti de fubá

2 colheres de sopa de manteiga sem sal gelada
½ xícara + 2 colheres de sopa de açúcar cristal
1 ovo grande
1 colher de chá de extrato de baunilha
2 colheres de chá de Amaretto
1 ¼ xícaras de farinha de trigo
2 colheres de sopa de fubá
1 colher de chá de fermento em pó
¼ colher de chá de sal
geleia de physalis Casa Madeira

Prepare assim: Pré-aqueça o forno a 165°C. Forre um tabuleiro grande, de beiradas baixas, com papel manteiga. Na batedeira, bata a manteiga e o açúcar rapidamente, só até a manteiga começar a ficar cremosa. Junte o ovo, a baunilha e o Amaretto. Acrescente à mistura de manteiga, a farinha, o fubá, o fermento e o sal.
Divida a mistura em duas partes iguais e forme um cilindro de aproximadamente 2,5cm de espessura com cada metade (se necessário, polvilhe a bancada com um pouquinho de farinha). Transfira os cilindros para a assadeira forrada deixando um bom espaço entre eles. Asse até que dourem e firmem levemente na superfície, mas ainda cedendo a uma leve pressão dos dedos.
Transfira o papel com os cilindros de biscoito para uma gradizinha e deixe esfriar por 5-8 minutos. Aumente a temperatura do forno para 180°C.
Corte os cilindros na diagonal em fatias de aproximadamente 1,25cm. Forre a assadeira ainda morna com papel manteiga e coloque sobre ele as fatias de biscoito com o lado cortado virado para cima. Asse por mais 5 minutos ou até que dourem levemente. Deixe esfriar completamente, antes de guardar em recipiente hermético.

O que é bom, sempre pode ficar melhor. Espalhe uma generosa camada de geleia de physalis sobre o biscotti de fubá. A Casa Madeira produz uma geleia com a frutinha que encanta pela cor, sabor e perfume. A consistência é perfeita. Experimentei e aprovei. Experimente você também!!!!

DSCN5851

Tags: , , , , ,

Nenhum comentário :(.

Deixe uma resposta